visita virtual               notícias     

 

 
 
 MISSÃO

A Acesso Cultura promove a melhoria das condições de acesso – nomeadamente físico, social e intelectual –
aos espaços culturais e à oferta cultural, em Portugal e no estrangeiro.

Barreiras físicas: Obstáculos naturais ou artificiais (estruturais) que impedem a aproximação, transferência ou circulação no espaço, mobiliário ou equipamento urbano de pessoas com mobilidade condicionada.

Barreiras sociais: situações sociais que possam constituir motivo de dificuldade no acesso aos espaços e à oferta cultural. Por exemplo: nível de escolaridade, iliteracia, desemprego, isolamento social, escassez de oferta cultural na zona onde uma pessoa reside, isolamento geográfico, cumprimento de pena judicial, etc.


Barreiras 
intelectuais: Barreiras que impeçam ou dificultem o usufruto pleno da oferta cultural por pessoas que: têm baixa literacia; não possuem conhecimento técnico e/ou científico especializado; têm deficiências ou limitações sensoriais – por exemplo, cegos, surdos; pessoas com défice de atenção; pessoas com deficiência intelectual; pessoas com condições do espectro autista; pessoas cuja primeira língua não é o português; e outras.


verdadeira igualdade de oportunidades pressupõe um acesso:

Direto
Imediato
Permanente
O mais autónomo possível

 

 

Museu Convento dos Lóios 
Nos Bastidores do Museu
19 a 22 de junho | 10h30 e 15h00 
Mais informações e marcação prévia 256 331 070

 


Museu do Papel
Um Olhar sobre as memórias da Indústria Papeleira
19, 21 e 22 de junho | 10h30 e 15h00
Mais informações e marcação prévia 256 370 850

 

 
   
 
 
 
junho

15 20h30_22h30
16 14h00_17h00
conjunto de duas sessões
 
22 20h30_22h30
23 14h00_17h00
conjunto de duas sessões
 
Estes Workshops são dedicados a um processo fotográfico histórico do séc. XIX, alternativo à indústria atual da fotografia. Consiste num processo simples, que tem no matiz azul (Azul da Prússia) a sua principal e distinta característica visual. Esta workshop de Cianotipia é dirigida a todos os que pretendam reviver o processo do séc. XIX, explorando um dos processos pioneiros da fotografia. 

3,00 euros p/sessão
n.º mínimo de participantes_5 pax
 
 
 
 

 

 
No Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, 18 de abril, o Museu Convento dos Lóios, em Santa Maria da Feira, e o Museu do Papel Terras de Santa Maria, em Paços de Brandão, inauguraram a exposição conjunta de ilustração e caricaturas “O Cajado de Daghdha”, que reúne dois artistas do Eixo Atlântico.
 
 
 O Báculo de Daghdha”,
em português
“ O Cajado de Daghdha”,
do ilustrador galego Norberto Fernández, é a primeira publicação de banda desenhada do Eixo Atlântico, que nasce da vontade de presentear os cidadãos da Eurorregião com uma publicação no âmbito dos 25 anos desta associação transfronteiriça.
 
 
O Castelo de Santa Maria da Feira, a Viagem Medieval em Terra de Santa Maria e o presidente da Câmara, Emídio Sousa, integram esta história de aventuras, onde os protagonistas percorrem o Caminho Português de Lisboa a Santiago à procura de um tesouro.
 
 
No âmbito desta exposição conjunta, o Museu do Papel Terra de Santa Maria expõe os originais do livro de 48 páginas desta história de aventura, que tem como protagonistas personagens populares da Galiza e Portugal.
 
 
Por sua vez, o Museu Convento dos Lóios expõe o conjunto de caricaturas de todos os autarcas, alcaldes e alcaldesas pertencentes ao Eixo Atlântico aquando a comemoração dos 25 anos desta associação transfronteiriça – criações do caricaturista Adão Silva, natural de Braga.
 
 
A exposição “O Cajado de Daghdha” integra a programação da V Capital da Cultura do Eixo Atlântico, que decorre em Santa Maria da Feira até ao final deste ano, e estará patente em ambos os museus até 1 de julho.
 
entrada livre
horário

3ª a 6ª
09h30 » 17h00
sáb e dom 14h30 » 17h30
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



Forminhas




procurar no site
mudar papel
papel 1 papel 2 papel 3 papel 3
aumentar letra
Diminuir letra Aumentar letra
destaque
VCapitalCultura

agenda do museu